Empresas que captam doações em geral usam boleto sem registro ou zerado, ou com um centavo, algo nessa linha, para que o cliente escolher quanto quer doar e fazer o pagamento. Como que ficam essas empresas?

O Banco Central entende que o boleto pode estar grafado no valor zero. Então, as entidades captadoras de recursos poderão imprimir o boleto com valor zero. Entretanto, no momento de registrá-lo na Nova Plataforma, o emissor deverá explicitar que se trata de boleto passível de recebimento com valor divergente.

Esse é o termo que está no layout. O emissor também deve definir sistemicamente qual o range de recebimento que esse boleto pode ter - mínimo de dez reais e máximo de mil reais, por exemplo. Dentro desse range, que o emissor do boleto definiu junto a seu banco, a pessoa poderá pagar qualquer valor.

 

Fonte: FEBRABAN

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação
Powered by Zendesk